Caveiro

Ilha - Pico

Código - PIC3

A área de intervenção do Caveiro tem um tamanho de 436 hectares e engloba a totalidade da Reserva Natural do Caveiro. A zona é caracterizada por remanescentes de comunidades de Juniperus-Ilex, tendo sido bastante reduzido durante o século passado devido ao corte de árvores e atividades de pecuária. Essa área foi selecionada para intervenção do projeto LIFE IP AZORES NATURA para recuperar o habitat original através do controlo de plantas invasoras e plantações de espécies nativas.

O que pretendemos fazer

As intervenções do projeto terão lugar nos habitats prioritários e em estado de conservação desfavorável dentro da área de intervenção (Códigos Natura 3130, 6180, 7110*, 7130, 8220, 91D0*, 9360* e 9560*), com o objetivo de melhorar as Laurissilvas macaronésicas e os Bosques de Juniperus e salvaguardar as espécies protegidas pela Diretiva Habitats, como por exemplo a Lactuca watsoniana (alfacinha) e o Arceuthobium azoricum (espigos-de-cedro), ambas presentes nessa zona.
O projeto prevê um conjunto de tarefas que permitirão melhorar o estado de conservação desta área de intervenção, nomeadamente:
– Instalação de vedações para exclusão do gado que pastoreia a zona;
– Remoção de uma mata de criptoméria (Cryptomeria japonica) e conversão em habitat nativo;
– Remoção pontual de outras espécies exóticas e invasoras, como por exemplo a Hydrangea macrophylla (hortênsia);
– Plantações de espécies nativas que ocorrem naturalmente nesta zona: Calluna vulgaris (torga), Erica azorica (urze), Frangula azorica (sanguinho), Ilex perado subsp. azorica (azevinho), Juniperus brevifolia (cedro-do-mato), Laurus azorica (loureiro) e Vaccinium cylindraceum (uva-da-serra).

Caveiro Caveiro Caveiro Caveiro
Projeto cofinanciado pelo programa LIFE da União Europeia.

O projeto LIFE IP AZORES NATURA (LIFE17 IPE/PT/000010) é financiado pela União Europeia através do Programa LIFE
A responsabilidade exclusiva pelo conteúdo deste Website reside nos autores, não refletindo necessariamente a opinião da União Europeia.
Nem a CINEA nem a Comissão Europeia são responsáveis por qualquer uso que possa ser feito da informação contida na página.