Lagoa do Fogo

Ilha - São Miguel

Código - SMG1

A área de intervenção na Lagoa do Fogo está enquadrada na Zona Especial de Conservação Lagoa do Fogo (PTMIG0019) da Rede Natura 2000, possuindo grande importância ecológica e interesse conservacionista, devido à sua geodiversidade e biodiversidade, bem como pela existência de habitats protegidos pela Diretiva Habitats. Na zona da Lagoa do Fogo, estão identificadas 47 espécies de flora vascular nativa com uma estrutura florestal nanificada (pequeno porte), fortemente condicionada pelos ventos fortes, entre elas várias espécies protegidas pela Diretiva Habitats, nomeadamente Erica azorica (urze), Euphorbia stygiana (trovisco-macho), Frangula azorica (sanguinho), Culcita macrocarpa (feto-cabelinho), Woodwardia radicans (feto-do-botão) e Sphagnum spp. (esfagno). Apesar da riqueza florística natural, já é bem evidente a proliferação de espécies de flora invasora como Hedychium gardnerianum (conteira), Rubus ulmifolius (silvado-bravo), Leycesteria formosa (silva-mansa), Ulex europaeus (pica-ratos), Gunnera tinctoria (gigante), Pittosporum undulatum (incenso), Acacia melanoxylon (acácia) Clethra arborea (verdenaz), Dicksonia antarctica (feto-arbóreo) e Polygonum capitatum, as quais constituem uma grave ameaça para as espécies naturais e que, consequentemente, contribuem de forma acentuada para a perda da biodiversidade natural, para a degradação dos habitats, e o empobrecimento ecológico da reserva natural.

O que pretendemos fazer

As seguintes intervenções do projeto LIFE IP AZORES NATURA terão lugar na área de intervenção na Lagoa do Fogo para promover a renaturalização do habitat, de forma a favorecer a recuperação das populações das espécies nativas que aqui ocorrem:
– Remoção mecânica de espécies exóticas e invasoras, principalmente Cryptomeria japonica, Acacia melanoxylon, Hedychium gardnerianum, Rubus ulmifolius, Leycesteria formosa e Ulex europaeus;
– Plantação de espécies nativas que ocorrem naturalmente nesta zona: Erica azorica, Juniperus brevifolia (cedro-do-mato), Vaccinium cylindraceum (uva-da-serra), Viburnum treleasei (folhado), Prunus lusitanica subsp. azorica (ginja-do-mato), Ilex perado subsp. azorica (azevinho), Laurus azorica (louro), Myrsine retusa (tamujo) e Calluna vulgaris (torga).

Lagoa do Fogo Lagoa do Fogo Lagoa do Fogo Lagoa do Fogo Lagoa do Fogo Lagoa do Fogo Lagoa do Fogo
Projeto cofinanciado pelo programa LIFE da União Europeia.

O projeto LIFE IP AZORES NATURA (LIFE17 IPE/PT/000010) é financiado pela União Europeia através do Programa LIFE
A responsabilidade exclusiva pelo conteúdo deste Website reside nos autores, não refletindo necessariamente a opinião da União Europeia.
Nem a CINEA nem a Comissão Europeia são responsáveis por qualquer uso que possa ser feito da informação contida na página.