Caldeira Branca

Ilha - Flores

Código - FLO1

A área de intervenção da Caldeira Branca possui um tamanho de 99 hectares e está incluída na Zona Especial de Conservação Zona Central e Morro Alto (PTFLO0002). A Caldeira Branca e sua envolvente possui grande importância ecológica e interesse conservacionista, devido à diversidade biológica e à existência de habitats protegidos.

O que pretendemos fazer

As intervenções do projeto terão lugar em habitats prioritários e em estado de conservação desfavorável dentro da área de intervenção (Códigos Natura 4050*, 7110*, 7130, 7140 e 91D0*), com o objetivo de melhorar as turfeiras e salvaguardar as espécies protegidas pela Diretiva Habitats, como por exemplo Culcita macrocarpa, Erica azorica, Euphorbia stygiana e Woodwardia radicans.
Para melhorar o estado de conservação desta área de intervenção, o projeto prevê:
– A remoção pontual de espécies exóticas e invasoras, como por exemplo o Hedychium gardnerianum (cana-roca/conteira) e a Hydrangea macrophylla (hortênsia);
– Plantações de espécies nativas que ocorrem naturalmente nesta zona: Calluna vulgaris (torga), Erica azorica (urze), Ilex perado subsp. azorica (azevinho), Juniperus brevifolia (cedro-do-mato), Laurus azorica (loureiro) e Vaccinium cylindraceum (uva-da-serra) para ocupar o espaço onde as espécies invasoras foram removidas.

Caldeira Branca Caldeira Branca Caldeira Branca Caldeira Branca
Projeto cofinanciado pelo programa LIFE da União Europeia.

O projeto LIFE IP AZORES NATURA (LIFE17 IPE/PT/000010) é financiado pela União Europeia através do Programa LIFE
A responsabilidade exclusiva pelo conteúdo deste Website reside nos autores, não refletindo necessariamente a opinião da União Europeia.
Nem a CINEA nem a Comissão Europeia são responsáveis por qualquer uso que possa ser feito da informação contida na página.