Furnas do Enxofre + Pico Alto e Tamujal 3 e 6

Ilha - Terceira

Código - TER2

As áreas denominadas por Furnas do Enxofre (48 ha), Pico Alto e Tamujal 3 (40 ha) e Pico Alto e Tamujal 6 (8 ha) são áreas integradas na Zona Especial de Conservação (ZEC) da Serra de Santa Bárbara e Pico Alto (PTTER0017) da Rede Natura 2000. A área de intervenção das Furnas do Enxofre foi selecionada de forma a estabelecer um corredor ecológico, criando ligação entre habitats fragmentados. O Pico Alto e Tamujal 6 são exemplos de uma floresta Laurissilva (habitat 9360*) de encosta com populações de herbáceas endémicas raras tal como Lactuca watsoniana (alfacinha). A área do Pico Alto e Tamujal 3 (40 ha) apresenta-se como um habitat de matos macaronésios endémicos (4050*), com remanescente floresta de produção de eucalipto.

O que pretendemos fazer

– Remoção de focos de espécies exóticas e invasoras: Hedychium gardnerianum (roca-da-velha), Ulex europaeus (pica-rato) e Rubus ulmifolius (silva-brava);
– Abate em pé de manchas grandes de eucalipto e remoção de biomassa onde possível, sem danificar o subcoberto de floresta nativa;
– Plantação de espécies nativas lenhosas: Juniperus brevifolia (cedro-do-mato), Laurus azorica (louro), Prunus lusitanica subsp. azorica (ginjeira-brava), Ilex perado subsp. azorica (azevinho), Vaccinium cylindraceum (uva-da-serra), Frangula azorica (sanguinho), Morella faya (faia-da-terra) entre outras;
– Reintrodução de diversas espécies de herbáceas típicas de ecossistemas de zonas húmidas.

Furnas do Enxofre + Pico Alto e Tamujal 3 e 6
Projeto cofinanciado pelo programa LIFE da União Europeia.

O projeto LIFE IP AZORES NATURA (LIFE17 IPE/PT/000010) é financiado pela União Europeia através do Programa LIFE
A responsabilidade exclusiva pelo conteúdo deste Website reside nos autores, não refletindo necessariamente a opinião da União Europeia.
Nem a CINEA nem a Comissão Europeia são responsáveis por qualquer uso que possa ser feito da informação contida na página.