Lagoa do Negro

Ilha - Terceira

Código - TER3

A área de intervenção denominada por Lagoa do Negro possui 35 ha e integra a Zona Especial de Conservação (ZEC) da Serra de Santa Bárbara e Pico Alto (PTTER0017) da Rede Natura 2000. Esta área foi selecionada para intervenção do projeto LIFE IP AZORES NATURA de forma a estabelecer um corredor ecológico, criando conectividade entre habitats fragmentados da floresta nativa nos flancos da Serra de Santa Barbara e a mancha da flora natural da Rocha do Juncal e terrenos adjacentes. A área de intervenção abrange o plano de água da Lagoa do Negro e parcelas adjacentes à Lagoa, que foram transformadas em pastagens; e que, no entanto, devido ao encharcamento constante não chegaram a ser produtivas. A introdução de erva-branca (Holcus lanatus) tem sido o maior constrangimento na recolonização da área por espécies nativas típicas de turfeira. As sebes das antigas pastagens, constituídas por Cryptomeria japonica (criptoméria) são uma fonte de dispersão desta espécie na turfeira, onde se observa a germinação de milhares de sementes. Esta zona húmida está em fase de recuperação, que incluios seguintes habitats protegidos da Rede Natura 2000: 7120 – Turfeira degradada ainda possível de regeneração, 7130 – Turfeiras de cobertura, e 3130 – Águas oligo-mesotróficas da região medio europeia e peri alpina com vegetação de Litorella ou Isoetes.

O que pretendemos fazer

O projeto prevê um conjunto de tarefas que permitirão melhorar a recuperação ecológica das turfeiras degradadas, restaurando o seu regime hídrico e florístico através de:
– Remoção de Cryptomeria japonica (criptoméria) presentes na turfeira, através de corte, aproveitamento de madeira, trituração de biomassa restante, ou morte de árvores de maior porte em pé;
– Remoção de focos de espécies exóticas e invasoras, como por exemplo Hedychium gardnerianum (roca-da-velha), Solanum mauritianum (fona-de-porca) Rubus ulmifolius (silva-brava);
– Plantação de espécies endémicas lenhosas: Juniperus brevifolia (cedro-do-mato), Laurus azorica (louro), Prunus lusitanica subsp. azorica (ginjeira-brava), Ilex perado subsp. azorica (azevinho), Vaccinium cylindraceum (uva-da-serra);
– Reintrodução de plantas herbáceas nativas tal como Angelica lignescens e de várias espécies de briófitos do género Sphagnum, típicos para o ecossistema de turfeira.

Lagoa do Negro Lagoa do Negro Lagoa do Negro Lagoa do Negro Lagoa do Negro Lagoa do Negro
Projeto cofinanciado pelo programa LIFE da União Europeia.

O projeto LIFE IP AZORES NATURA (LIFE17 IPE/PT/000010) é financiado pela União Europeia através do Programa LIFE
A responsabilidade exclusiva pelo conteúdo deste Website reside nos autores, não refletindo necessariamente a opinião da União Europeia.
Nem a CINEA nem a Comissão Europeia são responsáveis por qualquer uso que possa ser feito da informação contida na página.